sábado, 27 de dezembro de 2008

de que servem as palavras?

Ela era apenas uma garota que tinha preguiça de falar seu próprio idioma!
Osol se misturava,rodando,rodando,ele nos mistura feito um ensopado!"
Ela se lembra dos finais de ano,encolhida atrás do sofá preto e chorando, por que seu pai sempre dava o presente dela pra uma prima distante que resolvia aparecer!
Por algum motivo ele procurou ela mais uma vez e pareceu querer explicações dessa vez, mas ela resolveu simplismente seguir seus principios dessa vez!Talvez ela acredite que na vida se pode amar mais de uma vez!
Ela saiu sozinha em busca de um velho remédio.
para se animar.
Foi o que pensou.
Estivera tempo demais no quarto.
Ela pegou um velho livro, o que sempre fazia ela chorar nas ultimas paginas!.

Uma cena:
A estante
pernas de tesoura
pés pousando
livros e paginas em um lugar feliz!
De que adiantem as palavras?

Ela tenta ignorar mas sabe como tudo começou,ninguém espera essas coisa, nínguem as planeja!
Tudo o que ela mais quer é ficar em casa, conversar com passarinhos, olhar para o ceú e sentir as estrelas queimarem o seu rosto.

2 comentários:

Gê Herós disse...

Surrel... talvez por ser muito intimo...
Qnd algumas coisas fazem muito sentido para nós mesmos deixa então de fazer sentido para os outros... dae chamamos de surreal ja que nao conseguimos compreender!

Gé * Bull disse...

Me parece bem realista u.u rsrs
como se tivesse acontecido ontem com você broto rsrsrs Não me pareceu surreal ó.ò Acho que eu vejo até atravessar a rua como uma fábula, e vejo toda a realidade possivel até se a arvore disser "bom dia" rsrsrs
Saudades de ti lôra morena : ))
E aaah é a Bull viu ?! rsrs
beijo!