terça-feira, 29 de setembro de 2009

Insônia






Solta num horizonte sem amor....
E já pediam a ela muitas explicações...mas ela sempre soube oque fazer...


Não queria truques...
Queria sangue!

E não importava mais conseguir dormir...mas sim o tempo que passaria acordada antes do ato!

Perdia-se abraçando o sol..tinha que ser forte
Já não tem tanta certeza...mas quer tudo que sente
Espera as folhas cairem no outono amarelo...
e conversava com as paredes...
deitava na escuridão...
fazia festa...

" O mesmo homem veio escovar seus dentes hoje de madrugada...dessa vez não parou pra conversar!"

E ela já não acreditava mais..nem em sí mesma..
E não sentia mais calor algum..talvez se conseguisse dormir sentiria um cafuné carinhoso na cabeça...e os dedos frios dedilhando seus fios de cabelo..
Contava seus inimigos..os poucos que restavam
Escrevia versos sem vida, e declinava diante dos olhos gulosos que o espelho revelava.

" Nunca deseje algo que não queira realmente!"

E a tarde cinza ficou pra fazer compania...e a fez sorrir...
e ela tentava se perder, dava voltas pelos corredores.cantava..rezava.chorava.ria.não conseguia sentir..não mais!
O tempo nunca é suficiente..e uma noite costuma ser muito pouco pra ela.!




ps:Se pudesse pedir alguma coisa agora, pediria salada de macarrão colorido com suco de frutas vermelhas!

3 comentários:

talita disse...

gostei =) , eu realmente adoro seus textos e acho que você escreve muito bem, por favor não pare de postar hehehe bjsbjs

Dany disse...

Simplesmente perfeito seu blog, amo seus textos :D parabééns.

Glaucia disse...

OOIE .
SEGUE LÁ EU ;D
PS.: TO TOMANDO SUCO DE FRUTAS VERMELHAS.
BGS ;*